sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

PG


deixa eu sortear uma palavra agora.
não, vou sortear duas. agora. neste momento.
então, eu coloco a mão dentro da antiga sacolinha alaranjada onde costumo guardar as palavras...
e...
veja só! quanta coincidência! como pode?
releio mais uma vez para me certificar do que os meus olhos lêem e ...
pronto!
...
..
.
as palavras....
as palavras são:
adivinhem pombas!
nenhuma idéia?
tsc-tsc-tsc.
tá bom, dou uma pista fresquinha de cada inicial saída da sacola:
P e G
ahãm!
isso mesmo.
PODER & GLÓRIA, baby.

4 comentários:

Ane Minuzzo disse...

Sim.
Toda vez que a tua lente me pega, ou nos pega, alguma coisa, sem nome ainda, laceia.
Sei lá, acho que tu, por menos que esteja vivendo o que realmente quer nesse exato momento, me dá vontade de viver. Mais.
Obrigada por isso, e até pelas palavras que não foram ditas mas que pairaram ali. Creia: elas são legíveis.
E como diz mn, as coisas mudam.

jbettpinto disse...

Na verdade, o conhecimento tem que ver com a perspectiva, e vale tanto para o simples como para o não simples; no caso, atentas as propriedades do Poder&Glória, há merecimento para duas, a saber: CHARME e CLASSE!!!!!!!!!!!!!!

Josué

véia do bonfa disse...

Olhando as fotos e lendo as palavras, tiro o chapéu que não levo à cabeça: realmente poderosas & gloriosas!!!

mariana nisemblat disse...

Pois é, essa minha lente boba, que gira, dispara louca a ambiciosa!

Está ela em busca de uma essência, de um algo que foge à captação do fugidio tão peculiar de nossas retinas baloneiras.

Mas tudo isso está ali, sim, ali, aqui, na gente mesmo, na frente de nossos corpos; porém, os olhos engolidores de mundo etéreo e fixadores-mór de um horizonte qualquer, quase nunca estão atentos à sutileza das caritas uma da outra... (quiçá de outros(as)...?)

É então que a impiedosa Kodak laceia mesmo, e agora reflui aqui, um estampado RGB, para provar que ela não brinca em serviço!

Ane, tudo foi revelado:


somos crianças!
Crianças bobalhonas, mas, contudo, alegres e sempre dispostas a brincar; ainda mais se...










se for ante a retaguarda de um bom pão líquido.

E há de quem duvidar! E há!

A cheers to us!