quarta-feira, 27 de dezembro de 2006

Breve como a garoa que cai lá fora
Assim sou eu
Leve e fresco tipo um pingo que ficou na folha
Numa manhã nublada e envolvente
E o sol que vem e seca
Faz com que tudo suma
O cheiro, o gosto, o toque
E o que fica
Nem eu mais sei

3 comentários:

Anônimo disse...

que coisa linda isso.

Anônimo disse...

ela é poeta...

azedoce disse...

por que vocês são anônimos? ;T