terça-feira, 23 de janeiro de 2007

Lisboa, 23 de Janeiro

Hoje voltou o frio, e que frio!Parece que estamos a ser atravessados por uma massa de ar polar;diz, quem sabe! O dia a dia, esse, anda mais que sobreaquecido, por causa de tudo, e, mais, ainda, pelo referendo ao aborto; melhor dizendo, pela interrupção voluntária da gravidez, e que vai ter lugar no dia 11 de Fevereiro; degladiam-se dois campos, o do sim, e o do não, cheios de antagonismo, e o argumentário percorre o absurdo; do lado do SIM, há quem diga que "o ovo nâo tem os mesmos direitos do frango";do lado do NÃO, há excomunhão para quem votar SIM, proferida por certos sectores da Igreja Católica; só visto!Todavia, a questão sujeita a referendo é, tão só, esta: - deve a mulher que abortou até às dez semanas ter a sua vida devassada, e ser incriminada, presa? A resposta é NÃO! Por isso, o SIM no referendo é o mais sensato; como disse Bill Clinton, vamos "torná-lo legal, raro e seguro"

Um comentário:

mn disse...

dias de abandonada vida blogueira. tal qual a Dani escreveu acima, é necessário silenciar. é tempo de minha boca mofar.e por esses dias, tenho sentido vontade de quietude.

dias e dias sem aqui aparecer e fico tão feliz por saber que os ares da Lusitânia aqui sopram!

parabéns pela vitória contra o Brasil! O Felipão é O Cara. Não é à toa... ele é daqui do meu Estado...

:P