quinta-feira, 3 de maio de 2007

Vivendo

Quem não souber fazer a transição da paixão para o amor, caminha ao contrário.
Não há volta a dar!

Feito de Azul

2 comentários:

mari disse...

e quem não souber fazer a transição do ódio ao gostar?

Anônimo disse...

Pois é!
A afirmação tem mais a lógica daquela relação que conhece,de início, uma paixão avassaladora, de base quimica, necessáriamente,e, sempre, curta no tempo; uma vez finda,e havendo concurso de vontades, há que operar a transição para a relação amorosa;o que esta seja,também,é dificil de caracterizar;mas parece-me que ambas as partes haverão de poder concretizar o mínimo possível de infelicidade, e o mais possível de felicidade;não se podendo atingir este desiderato por desvalor da relação, então: "mais vale começar de novo, e contar comigo, vai valer a pena..............

Josué